Ver manchas ou moscas volantes nos olhos pela primeira vez pode ser desconcertante e até um pouco alarmante.

Como sabe se se deve preocupar? Vamos falar sobre isto!

Apesar de a maior parte das moscas volantes serem normais, algumas podem ser um sinal de problemas subjacentes que deve avaliar junto do seu oftalmologista.

Eis algumas coisas a saber sobre moscas volantes e como responder.

O que são moscas volantes — e o que é que estão a fazer no meu olho?

As moscas volantes aparecem como pequenas irregularidades que se movimentam lentamente no seu campo de visão. As moscas volantes podem ter o aspeto de:

  • Pequenos pontos ou manchas de cor escura,
  • Cordões ou fios, ou
  • Fragmentos de teias de aranha

As moscas volantes nos olhos não são ilusões de ótica. São pedacinhos de resíduos que flutuam no seu vítreo: o enchimento gelatinoso do seu globo ocular que ajuda a manter a sua forma. Às vezes, estas moscas andam de um lado para outro e fazem sombras na sua retina. É isto que vê.

O que provoca as moscas volantes nos olhos?

Na maior parte das vezes a causa das moscas nos olhos são alterações no vítreo relacionadas com a idade. À medida que os olhos envelhecem, o líquido gelatinoso vítreo deteriora-se: fica mais líquido, começa a soltar-se e a ser afastado do seu globo ocular e uma parte da gelatina forma grumos. O que vê são as sombras destes pequenos grumos.

As moscas volantes podem também ocorrer quando o vítreo se separa da superfície da sua retina. O estímulo da retina durante este processo provoca muitas vezes cintilações no olho. No momento em que o vítreo se afasta da cabeça do nervo ótico pode fazer aparecer temporariamente uma mosca em forma de anel.

Ocasionalmente, esta separação arrasta um pouco da retina. Este descolamento da retina injeta sangue no seu vítreo, com a aparência de pequenos pontos dispersos e exige atenção médica imediata.

Hemorragia e inflamação no olho devido a ruturas da retina, problemas nos vasos sanguíneos ou outros problemas, geralmente provocam moscas volantes. As moscas volantes podem ser também pequenos flocos de proteína ou outro material que tenha ficado recolhido no seu olho durante a sua formação antes do nascimento.

Quando se deve ligar ao oftalmologista

Moscas volantes e cintilações nos olhos são um caso urgente para o seu oftalmologista, especialmente se aparecerem de repente. Geralmente indicam um descolamento da retina que pode provocar cegueira.

Deve sempre referir quaisquer alterações de visão ou problemas oculares, quer sejam moscas ou outra coisa, ao seu oftalmologista durante os seus exames regulares. As moscas volantes são ocasionalmente apenas visíveis durante exames oftalmológicos, especialmente se estiverem próximas da retina.

Tratamento para moscas volantes nos olhos

A maior parte das moscas volantes não precisam de ser tratadas. Apesar de demorar algum tempo a habituarmo-nos a elas e de provocar frustração, muitas pessoas conseguem ignorá-las mais facilmente com o passar do tempo.

Quando as moscas volantes são tão grandes ou tão numerosas que impedem a sua visão, o seu oftalmologista pode recomendar cirurgia ou terapia a laser para as remover.

Terapia a laser para moscas volantes no olho

Na terapia a laser, o seu oftalmologista dirige um laser para os resíduos no seu vítreo de forma a quebrá-los e a torná-los mais pequenos e menos visíveis.

A terapia a laser para moscas volantes está ainda em fase experimental e não é amplamente utilizada. Apesar de algumas pessoas verificarem melhorias após uma terapia a laser, outras não notam qualquer diferença e o laser pode lesionar a retina se for mal direcionado.

Cirurgia para moscas volantes nos olhos

A vitrectomia é uma cirurgia em que o oftalmologista remove o vítreo do olho através de uma pequena incisão, substituindo-o por uma solução que mantém a forma do olho. O seu corpo cria naturalmente um novo vítreo que irá substituir gradualmente esta solução. A vitrectomia nem sempre remove completamente as moscas volantes. Após a cirurgia podem formar-se novas moscas volantes, especialmente se a cirurgia em si provocar hemorragias e ruturas da retina.

Apesar de a maioria das moscas volantes serem inofensivas, o aparecimento repentino de moscas e cintilações pode ser um sinal de aviso urgente dos seus olhos. Contacte imediatamente o seu oftalmologista se sentir alterações súbitas nos seus olhos. Exames regulares aos olhos são também importantes para manter o seu oftalmologista atualizado de quaisquer alterações, permitindo-lhe detetar moscas ou outras anomalias nos seus olhos.

Nada do que consta neste artigo deverá ser interpretado como um conselho médico, nem se destina a substituir as recomendações de um profissional de saúde. Para perguntas específicas, consulte o seu profissional da visão.

Mais artigos

Pesquise sobre os nossos produtos