A conjuntivite, também conhecida como "olho rosa", pode ser muito assustadora quanto aparece pela primeira vez. O mais certo é sentir comichão e desconforto, os seus olhos estarem colados e vermelhos e, enfim, uma lástima.

A sua córnea (a parte branca à volta das pupilas) fica vermelha cor de sangue ou completamente rosa — daí o nome. Mas apesar de parecer um vampiro durante uns tempos, não se preocupe muito. Acaba por passar após cerca de uma semana.

Que mais deve saber sobre como aliviar a conjuntivite e obter as informações que procura? Continue a ler!

A conjuntivite é contagiosa?

Vemos muitos comentários nas redes sociais de adolescentes e pré-adolescentes que perguntam: “Como é que se apanha conjuntivite?” A resposta: É muito fácil apanhar conjuntivite — mesmo muito fácil. Tossir, espirrar ou tocar pode espalhar a infeção e esta pode alastrar-se como um fogo descontrolado nas condições certas.

Então a conjuntivite é contagiosa? Completamente!

É muito comum entre as crianças em idade escolar e extremamente contagiosa, o que quer dizer que deve evitar o contacto com os outros o máximo possível durante os primeiros dias da infeção. Tapar a boca e lavar frequentemente as mãos com água quente e sabonete ajuda a impedir que se espalhe.

Se alguém em sua casa tiver conjuntivite, limite ao máximo o contacto com os outros. Ou seja não ir à escola nem trabalhar nas primeiras 36 a 48 horas após o aparecimento, que é geralmente o período de contágio da conjuntivite bacteriana.

Consulte o seu médico para mais informações — especialmente se o problema persistir durante mais de cinco dias.

O que é conjuntivite?

A conjuntivite é, mais precisamente, uma inflamação da conjuntiva, a membrana transparente que cobre os seus olhos.

A conjuntivite pode ter origem numa infeção bacteriana ou viral. Distinguir os dois tipos nem sempre é óbvio. A conjuntivite bacteriana faz os olhos ficarem mais colados durante a noite. Isto provém de uma descarga do olho. A conjuntivite viral costuma ser só num olho, enquanto a bacteriana ataca os dois olhos. 

Pode tratar a conjuntivite bacteriana com antibióticos. A forma viral geralmente resolve-se por si. Mas já sabe, se não vir melhoras após cinco dias, vá ao médico.

Tratamentos para a conjuntivite

Tal como dissemos, a conjuntivite geralmente desaparece passados uns dias. Para nos livrarmos da bactéria e da conjuntivite mais depressa, existem gotas antibióticas para a conjuntivite que não precisam de receita e que estão disponíveis em todas as farmácias.

Quanto a remédios caseiros para a conjuntivite, experimente pôr compressas quentes sobre os olhos. Isto proporciona algum alívio, para o qual contribui também o descanso e o relaxamento.  Tente evitar a televisão e nunca partilhe toalhetes com as suas compressas. Isto espalha a infeção a outras pessoas — e rapidamente.

Como pode imaginar não tem graça nenhuma ver uma família inteira com os sinais e os sintomas de conjuntivite. Mal detete uma infeção siga os passos gerais indicados, vá ao seu médico de família se o problema persistir e, em princípio, está a caminho da recuperação desta maçadora, mas quase sempre inofensiva, doença ocular.  

Nada do que consta neste artigo deverá ser interpretado como um conselho médico, nem se destina a substituir as recomendações de um profissional de saúde. Para perguntas específicas, consulte o seu profissional da visão.

Mais artigos

Pesquise sobre os nossos produtos